No final dos anos 70, o município foi considerado o maior centro turístico do Estado de Santa Catarina e na década de 1980, o maior pólo turístico do sul do país.
No depoimento de Osmar de Souza Nunes Filho (Mazoca), encontramos fragmentos que narram o desenvolvimento da cidade: “Em 1957, Balneário era uma praia, as pessoas que vinham veranear em sua maioria eram de Blumenau. Ninguém imaginava que a cidade chegaria aonde chegou. […] Na realidade, os turistas começaram a chegar aqui em 64 até 68, não chegava nem o hotel lotar. […] A partir de 70 com o asfaltamento da BR 101 começamos a receber os turistas de São Paulo e de toda a região sul do pais (Rio Grande do Sul e Paraná). […] Balneário Camboriú deu um salto a partir dos anos 80, desde aquela época passou a ser chamada de “Copacabana do Sul”, devido a sua beleza e estrutura”.
O contínuo aperfeiçoamento da infraestrutura da cidade passou a ser um dos objetivos dos gestores municipais e dos empreendedores. Atualmente, Balneário Camboriú é a “Capital Catarinense do Turismo”.

As lembranças, as imagens, as pessoas e os lugares ajudam a contar nossa história. São experiências vividas, pessoas conhecidas e lugares frequentados que ficam registrados em nossa memória. Histórias e momentos que não podem ser esquecidos pelo tempo. Faça parte do resgate histórico cultural de Balneário Camboriú.
Se você tem fotografias, documentos ou outros registros que possam contribuir com a história do município, entre em contato pelo (47) 8464-5234 (Whatsapp) – com Gisele.
Fonte: Arquivo Histórico de Balneário Camboriú

Compartilhar

Sobre a autora

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com