Atualmente, o exemplo da construção civil passa a ser seguido por outros setores da economia local. A cidade está em ebulição com inúmeros investimentos nas mais diversificadas áreas.
O município de Balneário Camboriú já foi comparado com Mônaco pela qualidade de vida, empreendimentos e crescimento no setor imobiliário.
Entre os milhares de edifícios que se erguem na orla, o mercado da construção civil parece ter encontrado um novo espaço para crescer. Nos últimos cinco anos, hotéis têm sido derrubados para dar lugar a residenciais. O fenômeno atinge a rede hoteleira mais antiga, que enfrenta um dilema: ou investe em modernização, apesar da sazonalidade das hospedagens, ou resiste ao apelo dos construtores.
Você sabe o que a Arábia Saudita e Balneário Camboriú têm em comum? São os edifícios mais altos, embora em proporções menores, no Brasil um reduto dessa arquitetura megalomaníaca asiática está localizada em Balneário Camboriú, onde ficam cinco dos dez edifícios mais altos do país, incluindo tanto os que já estão prontos quanto em fase de construção. O número um da lista brasileira é o residencial One Tower, ainda em obras, de frente para o mar de Balneário Camboriú, com 280 metros de altura e 77 andares, ele já ocupa a 331ª posição entre os prédios mais altos do mundo.
Em Balneário Camboriú, a legislação não limita a altura dos prédios, mas apenas a quantidade de apartamentos ou a taxa de ocupação. Assim, surgem construções altíssimas com uma ou duas residências por andar, a maioria na parte mais próxima da orla. O resultado desse apinhamento é uma extensa sombra na faixa de areia e a restrição das correntes de ar marítimas. Se já é assim hoje, imagine daqui alguns anos, quando serão entregues o segundo, o terceiro e o quarto edifícios mais altos do Brasil, todos eles em Balneário Camboriú.

As lembranças, as imagens, as pessoas e os lugares ajudam a contar nossa história. São experiências vividas, pessoas conhecidas e lugares frequentados que ficam registrados em nossa memória. Histórias e momentos que não podem ser esquecidos pelo tempo. Faça parte do resgate histórico cultural de Balneário Camboriú.
Se você tem fotografias, documentos ou outros registros que possam contribuir com a história do município, entre em contato pelo (47) 8464-5234 (Whatsapp), com Gisele.

Fonte: Arquivo Histórico de Balneário Camboriú/ Revista Veja – O que Arábia Saudita e Balneário Camboriú têm em comum: os edifícios mais altos do planeta e do país, por Mariana Barros
Foto: http://www.vivabalneario.com.br

Compartilhar

Sobre a autora

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com