A partir da década de 1970, a construção civil apresentou um imenso crescimento com investimentos maciços de construtores e incorporadores. Muitas famílias do interior do Estado acabaram migrando para a nossa cidade em busca de empregos no setor da construção civil, uma indústria que não pára de crescer.
Em 1976, foi fundada a Associação dos Incorporadores de Balneário Camboriú, visando organizar e fortalecer o mercado imobiliário e a indústria da construção civil.
No final da década de 1970, iniciou uma longa história de investimento no municípío, onde duas empresas dominavam o mercado, a CONSTRUTORA H. SCHULTZ e a EMBRACO. Foi da Construtora H. Schultz a iniciativa de construir os maiores prédios na época. O Edifício Imperatriz ficou nacionalmente conhecido pelas suas dimensões e inovações como os elevadores panorâmicos, uma novidade para aquela época. Foi qualificado na época, como a maior obra da construção civil do Estado, com um total de 30 pavimentos em uma área construída de 50.000 m², distribuída em quatro blocos. A Construtora H. Schultz construiu mais de 800.000 m² enquanto estava em operação.

As lembranças, as imagens, as pessoas e os lugares ajudam a contar nossa história. São experiências vividas, pessoas conhecidas e lugares frequentados que ficam registrados em nossa memória. Histórias e momentos que não podem ser esquecidos pelo tempo. Faça parte do resgate histórico cultural de Balneário Camboriú.
Se você tem fotografias, documentos ou outros registros que possam contribuir com a história do município, entre em contato pelo (47) 8464-5234 (Whatsapp), com Gisele.

Fonte: Arquivo Histórico de Balneário Camboriú

Compartilhar

Sobre a autora

  • Fernando Wolter

    Boa noite Sra Gisele.
    A Sra não tem essas fotos individuais?
    Aparece a casa dos meus pais. A 3 da esquerda.
    Obrigado