Nasceu no dia 11 de janeiro de 1922, em Itapema. Veio de Blumenau para Balneário Camboriú, em 1952, e estabeleceu-se como comerciante. Era proprietário do Hotel Pio, além de uma casa comercial. Higino Pio (PSD) participou da primeira eleição para prefeito, em 03 de outubro de 1965, concorrendo com Paulo Wilerich (UDN). Tornou-se o primeiro prefeito eleito de Balneário Camboriú. Tomou posse em 15 de novembro de 1965. Na época, quase sem recursos, realizou importantes obras a frente da Prefeitura, tais como a criação do sistema de abastecimento de água, a denominação de logradouros públicos, construção da Escola Básica Ivo Silveira, construção do novo Cemitério da Barra, pavimentação de ruas e avenidas, entre outras. Faleceu em 03 de março de 1969, no exercício de seu mandato que findava em 31 de janeiro de 1970.
Na memória de Meirinho temos alguns fragmentos deste ocorrido: “A morte do Pio foi uma coisa que abalou a cidade. O povo não estava preparado para uma coisa dessas”.
… “era um homem simples e muito querido, e ele amava essa cidade. Lembro que a primeira implantação de água foi feita por ele. Isso graças ao prestígio que ele tinha com o Governador do Estado, Celso Ramos”.
Mesmo com episódios difíceis, a cidade continua crescendo e se desenvolvendo com o esforço do povo e o auxílio dos gestores públicos. Nem sempre a memória de uma cidade é contada nos livros, nem mesmo a história informal que, muitas vezes e especialmente no caso de Balneário Camboriú, ainda está na memória dos nativos da cidade, dos nossos, velhos, dos antigos moradores que guardam, com seriedade incomum, cenas de vivências que não voltarão a acontecer, mas que ajudaram a compor uma história de declaração e amor pela “Praia de Camboriú”, quer dizer, por “Balneário Camboriú”.

As lembranças, as imagens, as pessoas e os lugares ajudam a contar nossa história. São experiências vividas, pessoas conhecidas e lugares frequentados que ficam registrados em nossa memória. Histórias e momentos que não podem ser esquecidos pelo tempo. Faça parte do resgate histórico cultural de Balneário Camboriú.
Se você tem fotografias, documentos ou outros registros que possam contribuir com a história do município, entre em contato pelo (47) 8464-5234 (Whatsapp) – com Gisele.
Fonte: Arquivo Histórico de Balneário Camboriú

Compartilhar
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com