Em 1957, Adolfo Fischer lançou o primeiro hotel considerado de luxo, o Hotel Fischer. Foi o primeiro de Balneário Camboriú a ter banheiro em todos os quartos, e essa infraestrutura era única em todo o litoral catarinense. Ao longo de sua história, recebeu hóspedes de renome e importância internacional, como o ex-presidente da República João Goulart (1919-1976), que costumava frequentar o hotel até construir sua casa de veraneio onde hoje está o restaurante Lago da Sereia (Avenida Atlântica, esquina com a Rua 4600).

Klaus Fischer, filho de Adolfo Fischer, em entrevista ao Arquivo Histórico contou como o presidente Jango vinha veranear:

Ah! Ele chegava com um aviãozinho CESNA, fazia umas três ou quatro voltas por cima do hotel e já sabia que era ele. Aí ele descia na Vila Real, que aqui não tinha nada, só estavam abrindo loteamento e descia na rua. Nós ia de Kombi lá, buscava ele, o avião foi embora e ele descansava uma semana aqui depois…¹

Os antigos moradores da cidade contam que o presidente era uma pessoa muito acessível, e que a esposa e os filhos ficavam meses na cidade, enquanto ele, por suas funções, viajava constantemente, mas sempre passava os finais de semana com a família na praia.

1 Depoimento de Klaus Fischer concedidos ao Arquivo Histórico em 30/05/2006 e 01/06/2006.

Fonte: Do Arraial do Bonsucesso a Balneário Camboriú: mais de 50 anos de história. Sobre a autora: Mariana Schlickmann é doutoranda em História na Universidade do Estado de Santa Catarina, mestra em História Social da Cultura pela Universidade Federal de Minas Gerais e graduada em História (licenciatura e bacharelado) pela Universidade do Estado de Santa Catarina, pesquisadora associada do Núcleo de Estudos Afro-Brasileiros – NEAB/UDESC e pesquisadora associada do Instituto Cultural Luisa Mahin.

Compartilhar

Sobre a autora

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com