Por Sergio Antonio Ulber e equipe

Todas as imagens digitalizadas do acervo fotográfico particular da família Fischer relacionado ao hotel foram impressas e disponibilizadas em forma de um mural, com cerca de 7,5 metros quadrados.
A junção de tantos fragmentos do passado criou uma espécie de portal que nos leva a um passeio imaginário, onde podemos ver o terreno do hotel ainda vazio, as etapas de sua  construção e ampliação, as instalações internas, os eventos e celebrações, os personagens e imaginar como era a vida que girava em torno do principal ponto de referência da Barra Sul.
Dentre vários temas que estão sendo analisados nas fotografias, já se destacam registros importantes como a evolução urbana da cidade, da moda e o estilo de vida da época, o uso da praia e do Rio Camboriú para fins econômicos e recreativos, distinções sociais, hábitos e aspectos culturais.
O arquivo particular da família Fischer relacionado ao hotel inicia antes mesmo do início das obras, quando a família trabalhava no Hotel Miramar e Terraço Boa vista. Em uma análise ainda superficial, estimamos as imagens que compõem este mural datam de 1930 aos anos 2000.
Estas fotografias são um grande exemplo de como um arquivo de família pode contribuir significativamente com a iconografia e estudos de um determinado local e sociedade.
A fotografia vem sendo cada vez mais utilizada como fonte, como objeto de análise e como recurso pedagógico, mas reunir imagens de um determinado período e apresentá-las como fiel retrato do passado é um procedimento defasado. Para responder perguntas nascidas do e no presente e endereçá-las ao passado, temos que abrir e intensificar diálogos multidisciplinares, além de explorar novas metodologias de pesquisa¹.
Como a fotografia não pode ser considerada um dado puro que fala por si só, a intenção desta instalação é justamente auxiliar a equipe com as análises técnicas, desenvolvimento dos textos e seleção das imagens que serão publicadas no livro, principal produto deste projeto.

A equipe responsável por este projeto é composta por:

Coordenação geral: Sergio Antonio Ulber
Análise histórica: Murilo Maluche Schaefer
Análise Patrimônio Arquitetônico e Urbanístico: Gabriel Gallarza
Análise moda e estilo de vida: Caroline Santos
Análise iconográfica: Sergio A. Ulber
Curadoria: Felipe Gallarza e Sergio A. Ulber
Digitalização: Vitor Ebel
Restauração e tratamento: Felipe Gallarza e Sergio A. Ulber
Jornalista: Vinícius B. de Oliveira
Designer Gráfico: Felipe Gallarza
Produtora Gráfica: Isabela Araújo Costa
Produtora Audiovisual: Eagles Shoot Creative Films

Foto: Núcleo Catarinense de Fotografia

Referências:
¹ BORGES, Maria Eliza Linhares. História & Fotografia. Belo Horizonte: Autêntica Editora, 2011

Fonte: https://memoriahotelfischer.wordpress.com

Compartilhar
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com