A Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil, localizada na Rua 2.300, nº 96, no Centro da cidade, foi tombada como patrimônio histórico, cultural e arquitetônico pelo Município através do Decreto nº 2.937, de 03 de fevereiro de 1998.

A necessidade da construção da Igreja começou no ano de 1956, pois a comunidade luterana da Praia de Camboriú precisava ir a Itajaí para participar dos cultos. Foi, então, que Dona Berty Jensen, da Ordem Auxiliadora de Senhoras Evangélicas (OASE), conseguiu que o Pastor de Brusque, que vinha uma vez por mês celebrar o culto em Itajaí, também viesse a Camboriú.

Por não ter um local, os primeiros cultos foram celebrados na casa de Dona Berty, um domingo por mês, no período da tarde.

Logo o espaço foi se tornando pequeno e a comunidade começou a pensar na construção de uma Igreja. O envolvimento da comunidade na construção e em busca de doações fez com que o sonho se tornasse realidade. E em apenas sete semanas a obra foi concluída pelo Sr. Tesch (pedreiro) e mais um chefe de pedreiro. A inauguração da Igreja aconteceu no dia 22 de janeiro de 1961.

Com o crescimento da cidade, a Igreja atraiu novos membros e tornou-se necessária a escolha de outro local e a construção de um novo templo.

A associação Wally Heidrich, proprietária do imóvel, diante do tombamento, teve dificuldades de manter as edificações do local. Em 2012 iniciou-se o processo de restauração da capela, através da empresa CIAPLAN com intuito de preservar o local e mantê-lo, para ser utilizado pela população como ponto turístico da cidade e para celebrações ecumênicas.

Se você tem fotografias, documentos ou outros registros que possam contribuir com a história do município, entre em contato pelo (47) 8464-5234 (WhatsApp) – com Gisele.

Compartilhar

Sobre a autora

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com