Popularmente conhecida como “Praça da Barra ou Pracinha”, foi denominada “Praça do Pescador” no governo de Gilberto Américo Meirinho, no ano de 1976. Com o objetivo de se ter um espaço livre de edificações que propiciasse a convivência e a recreação dos moradores. A Praça é um dos espaços mais conhecidos do bairro e foi palco de muitos eventos importantes da cidade, de grandes romances e guarda muitas recordações da infância e da juventude de seus frequentadores. O nome se deve ao fato da Praça estar localizada num bairro pesqueiro e em homenagem aos pescadores. A paisagem urbanística que envolve a Praça é singularmente histórica e cultural, pois sua localização estrategicamente é abençoada pela Igreja Nossa Senhora do Bom Sucesso e pelo Rio Camboriú. Depois de sua inauguração a praça já passou por algumas revitalizações, recebeu bancos, mesas, luminárias e novos canteiros.
As lembranças, as imagens, as pessoas e os lugares ajudam a contar nossa história. São experiências vividas, pessoas conhecidas e lugares frequentados que ficam registrados em nossa memória. Histórias e momentos que não podem ser esquecidos pelo tempo. Faça parte do resgate histórico cultural de Balneário Camboriú.
Se você tem fotografias, documentos ou outros registros que possam contribuir com a história do município, entre em contato pelo (47) 8464-5234 (Whatsapp) – com Gisele.
Fonte: Arquivo Histórico de Balneário Camboriú
Foto: Praça do Pescador, década de 1950

Compartilhar

Sobre a autora